Tambaqui: Pescado brasileiro faz sucesso nos EUA!

O tambaqui é um peixe amazônico, conhecido por sua suculência, sabor e versatilidade na cozinha. Suas costelas são bastante requisitadas no Brasil e vão muito bem assadas ou fritas. 

 

A iguaria tão presente na região Norte do Brasil pouco a pouco começa a alçar vôos para outras partes do mundo, como o disputadíssimo mercado norte-americano. Ao longo deste blog, contaremos um pouco desta história, e de como nos orgulhamos em fazer parte dela. 

 

Consumo de pescados no EUA

 

Edézio Rufino, parceiro da Zaltana nos Estados Unidos, acredita que o momento é de expansão do consumo de peixes no país. Segundo ele,  “a procura tem sido muito boa, nosso objetivo será popularizar o nosso pescado não somente para o brasileiro e os outros latinos, o principal objetivo é o mercado americano.”

 

E os números comprovam isso: nos últimos dez anos o consumo médio anual de pescados nos EUA oscilou entre 5 e 7 quilogramas por pessoa e esse volume deve aumentar nos próximos anos. De acordo com levantamento realizado pelo Euromonitor, os principais consumidores de pescados são os que têm renda média anual entre US$ 20 milhões e US$ 60 milhões, solteiros ou com família de até três membros e os indivíduos com mais de 55 anos de idade. 

 

Vale citar ainda, que os Estados Unidos são os maiores importadores dos pescados brasileiros, ao lado de Japão e China. 

 

Quem lidera a produção de pescados no Brasil? 

 

Em território nacional, os estados que lideram no segmento de piscicultura são Rondônia, Mato Grosso, Goiás e Maranhão, de acordo com levantamento da Peixe BR. Por ser extremamente nutritivo e graças ao investimento em pesquisa de desenvolvimento de empresas como a Zaltana, seu cultivo em tanques acelera a produção e garante um crescimento equilibrado, o que favorece a exportação de forma competitiva. 

 

Ainda que estejamos falando bastante sobre exportação dos pescados, também é importante destacar o crescimento do consumo em território nacional. Segundo a pesquisa IPC Maps feita pela Seafood Brasil, o potencial  de consumo de pescado fresco por toda a população brasileira em 2020 é de R$ 6,8 bilhões.

 

Por todas as qualidades que já citamos no começo do texto, o tambaqui “puxa a fila” desse progresso.

 

Benefícios do consumo de peixes

 

Em um momento onde cuidar da saúde é essencial, consumir pescados na alimentação diária é uma excelente pedida. Ao lado do pirarucu, o tambaqui também é um dos peixes amazônicos  com maior valor nutricional, sendo riquíssimo em vitaminas do complexo B, ômegas 3 e 6 e proteína. Deste modo, vale muito a pena explorar a criatividade na cozinha para prepará-los e extrair o máximo de sabor e de quebra, ganhar muito em saúde. 

 

É tempo de sermos otimistas

 

O pescado brasileiro tem todas as condições para conquistar o coração dos brasileiros e também dos estrangeiros. Mesmo com os desafios que a pandemia e a própria logística do nosso país impõe, conseguimos levar os peixes amazônicos aos quatro cantos do mundo, sempre com eficiência e qualidade. 

 

Quando a questão da Covid-19 for devidamente sanada, podemos esperar por uma expansão de consumo interno e externo. Até lá, nossa missão é trabalhar da melhor forma possível. 

Sobre a Zaltana Pescados

 

A Zaltana adquire, industrializa e comercializa pescados no mercado nacional desde 2013, com foco na excelência e no respeito aos clientes e parceiros lojistas. Para saber como ter nossos produtos no seu estabelecimento, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *